Portada » Blog » anticarcerario

Etiqueta: anticarcerario

Nordês nº07

Já está para descargar o séptimo número do periódico Nordês. Umha colaboraçom entre o jornal digital A irmandade da costa e Ardora (s)ediçons anarquistas. 

Nesta entrega: Isto é a Lei Mordaza: análise detallado da súa aplicación. Paralizada a tala do bosque de Hambach. A (in)eficacia das institucións públicas fronte a autoxestión veciñal. Greve de fome nos cárceres.

Animamos a fotocopiar e difundir

Descarga:

· Nordês nº07

Mulheres contra o cárcere. Reflexos, vivências e luitas.

Mulheres contra o cárcere. Reflexos, vivências e luitas.

O próximo dia 16 de maio, quarta-feira, no CSA do Sar contaremos com o grupo anti-carcerário Les trois passants (Toulouse) que às 19:00h apresentaram o documentário «Nos robaron las noches» e despois terá lugar um encontro e debate com Pastora do coletivo Familias frente a la crueldad carcelaria e Les trois passants ,realizadoras do documentário. Para rematar a jornada faramos um ceador pra intentar cubrir os gastos.

Aqui vai descriçom do documentário e da atividade:

Com o passo do tempo, quem nos solidarizamos com as nossas colegas presas, aprendemos e continuamos a aprender no caminho, e neste, observamos a incessante luita, resistência e trabalho que as mulheres (dentro e fora dos cárceres) realizam, nom só como tecedoras de memória e contra o esquecimento, senom como portadoras de umha luita incessante contra o encerramento, o cárcere, o sistema penitenciário e jurídico. Porém, inclusive nos meios contestatários pouco se diz sobre elas, pouco sabemos delas, pouco se escuta.

É por esta razom, que nesta ocasiom, longe de fabricar umha visom de inocência e vitimismo, queremos fazer um eco e abrir um espaço para a palavra das maes, irmás, parceiras, mulheres solidárias, filhas e ex-presas que enfrentam o sistema penitenciário, o encerramento dos seus seres queridos, o distanciamento, o desprezo, a humilhaçom, o maltrato e a tortura sexual, o assinalamento, a estigmatizaçom e a hipotética justiça.

É através deste documentário que queremos escutar as suas vozes e reflexons, que queremos abordar estas preocupaçons que rodeiam o cárcere dentro e fora dos muros, mas principalmente permitir intercâmbios, tecer laços e encontrar caminhos, espaços e açons pela liberdade.

Com a finalidade de trocar e compartilhar reflexons, depois de que se apresente este documentário teremos um debate entre pessoas do coletivo Les trois passants (Toulouse) e Pastora, do coletivo Familias frente a la crueldad carcelaria.”

Vemo-nos ali!

Nordés nº2

Com o galho do primeiro da maio sae o número dous de este jornal mensal falando das origens de este dia de luita. Também falamos sobre o caso da manada e da greve que vai começar em várias cárceres do estado. Por outra banda anunciamos a publicaçom do terceiro número da revista Ardora.

Animamos a imprimir e difundir este pequeno jornal. Nos seguintes enlaces podedes descargá-lo em cor ou em preto e branco:

· Nordés nº2 em cor

· Nordés nº2 em preto e branco.